A pequena jóia da realeza de Portugual


ÓBIDOS - A História é tão bonita quanto o lugar. Óbidos é uma das vilas mais lindas e preservadas de Portugal. Em parte porque a trajetória, desta cidadezinha, protegida por uma alta murada de pedra é fortemente ligada à nobreza desde o século XIII, quando o rei Dinis se casou com Isabel de Aragão. Entre os presentes que o monarca deu à mulher estava... a vila de Óbidos inteirinha. A tradição de ser dote real se estendeu até o século XIX. Essa ligação com os poderosos portugueses ajudou a conservar intacto o casario gracioso, com paredes caiadas e detalhes em azul ou amarelo, cenário típico lusitano. Para tudo ficar ainda mais belo, todas as fachadas são enfeitadas com flores, principalmente gerânios vermelhos e buganvílias roxas. As construções antigas abrigam bons restaurantes, uma coleção de cafés, lojinhas de artesanato e galerias de arte cheias de charme, além de muitas garrafeiras, como os portugueses chamam os lugares que vendem bebidas alcoólicas - entre as especialidades etílicas locais estão os vinhos e a ginjinha, uma espécie de licor feito a partir da ginja, um tipo de cereja selvagem, pequenina e muito saborosa, abundante na região, que é servida em copinhos de chocolate.
Bom, além de todo o cenário respirar arte, beleza e história o Centro de Design de Interiores Maria José Salavisa,
precursora do design de interiores em Portugal, se localiza em Óbidos, situado junto da Torre do Facho, pretende contribuir para desenvolver o Design, com um programa pedagógico para crianças e jovens, promovendo exposições, seminários, conferências e Works shop de temas relacionados com a área, procurando desenvolver uma relação entre criadores e público.

Seguem algumas imagens deste lindo destino!


 Contemplando a linda Vila de Óbidos em Portugal 
 Centro de Design de Interiores Maria José Salavisa  
Maria José Salavisa
 Walking around Óbidos
 
 Detalhes
 
 Arte Lusitana
 
Artesanato
 Simplesmente Óbidos







Comentários